O mercado do boi gordo está travado. De maneira geral oferta e demanda estão equilibradas

Apesar da oferta modulada pela retenção de boiadas por parte dos pecuaristas, o escoamento lento da carne não gera a necessidade de as indústrias intensificarem as compras e alongarem as escalas.

Quando há um desequilíbrio nas programações de abate, é comum observar frigoríficos oferecendo preços acima da referência e, nesses casos, o volume de negócios é maior. Esse fato evidencia que há oferta retida pelos produtores.

Para o curto prazo fica a expectativa de como o consumo irá se comportar.

Estamos entrando na segunda quinzena do mês, período que sazonalmente o consumo se retrai em função da descapitalização da população. Sendo assim, desvalorizações para o mercado atacadista de carne bovina não estão descartadas.

Fonte: Scot Consultoria

Veja também  Suínos: Vivo encerra março em queda

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: