O viés é de alta para o mercado do boi gordo. A dificuldade de encontrar animais disponíveis para abate reduz o poder de barganha dos frigoríficos e traz pressão positiva para os preços

 

Nos estados do Norte, as ofertas de compra acima da referência estão fortes, no Tocantins, por exemplo, a alta foi de 1,5% na última terça-feira (28/8), na comparação com o levantamento do dia anterior.

O preço da arroba do boi gordo subiu em dez praças pecuárias, segundo levantamento da Scot Consultoria.

Em São Paulo, diversas indústrias procuram animais para preencher as escalas da próxima segunda-feira (3/9).

Quanto ao mercado de carne, houve reação nos preços da carcaça. No fechamento do dia 28/8 o boi casado ficou cotado em R$9,40/kg. Alta de 3,9% em sete dias.

Esse comportamento é em função da associação entre a queda da oferta da matéria-prima e o aumento do escoamento da produção via exportação.

Fonte: Scot Consultoria

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.