O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou hoje em comunicado que irá oferecer a agricultores R$ 20.4 bilhões em linhas de crédito para investimentos no ano-safra 2018/19, que começou oficialmente em 1º de julho.

Segundo cálculos do banco, o valor representa 50% do crédito direcionado para investimentos do setor. Adicionalmente, o BNDES disponibilizará R$ 100 milhões para financiamento de custeio agrícola, de acordo com informação divulgada pela instituição financeira.

O BNDES lembrou que o Plano Agrícola e Pecuário 2018/2019, com recursos totais de R$ 194.37 bilhões, foi anunciado no dia 7 de junho. Os recursos poderão ser acessados pelos agricultores entre julho deste ano e junho de 2019.

Os R$ 20.4 bilhões em crédito para investimentos oferecidos pelo BNDES fazem parte do montante total do Plano Safra. Segundo o banco, programas agropecuários serão operados com taxas de juros de 5,25% a 7,5% ao ano, a depender da finalidade do financiamento.

Em seu comunicado, o BNDES observou que são enquadrados como investimentos financiáveis a construção de armazéns com capacidade de até 6.000 toneladas nas propriedades dos pequenos e médios produtores rurais; a recuperação de reserva legal e de áreas de preservação permanente no âmbito do Programa ABC (Agricultura de Baixo Carbono); a aquisição de matrizes e reprodutores com registro genealógico; e aumento do limite de renda para enquadramento dos produtores no Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp).

Além disso, o banco destacou no comunicado que também participará do Plano Safra da Agricultura Familiar 2018/2019 com R$ 3.34 bilhões. Os recursos são voltados para investimento e custeio.

Fonte: Valor Econômico

Veja também  Presidente do BNDES debaterá sobre reforma tributária no Congresso da Abag

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: