Diárias de Mercado

Arroz: preços oscilam com demanda pontual; vendas enfraquecem

As vendas de arroz em casca às indústrias beneficiadoras no Rio Grande do Sul se enfraqueceram na última semana de junho

Esse cenário se deve à ocorrência de chuvas, que dificulta o transporte das propriedades para os engenhos, e também à baixa necessidade de caixa por parte de produtores.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Assim, com demandas pontuais, os preços oscilaram regionalmente. Vale ressaltar que algumas indústrias pagaram um pouco mais pelos lotes próximos de suas unidades processadoras. O Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros (média ponderada), registrou alta de 1,18% entre 23 e 30 de junho, fechando a R$ 62,75/sc de 50 kg no dia 30.

Em junho, o Indicador subiu 0,38%. Segundo colaboradores do Cepea, o beneficiamento e as vendas do arroz gaúcho tiveram ritmo mais acelerado a partir de março, atingindo recorde histórico em maio/20, com praticamente 829 mil toneladas comercializadas, segundo o Irga (Instituto Rio Grandense do Arroz). Em relação ao mesmo período de 2019, esse volume é 33,5% superior.

O recorde em maio/20 pode justificar o menor ritmo de vendas em junho. Segundo agentes, as comercializações acima da média podem representar, na prática, um estoque maior no atacado e/ou varejo, o que levaria à uma menor necessidade de novas aquisições.

Por Cepea

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

Leia também: https://agronewsbrasil.com.br/mato-grosso-e-campeao-na-reducao-do-desmatamento-sema-continua-com-acoes-fiscalizatorias/

peixe br
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo