Os preços médios do leite longa vida (UHT) em outubro tiveram uma alta de 3,1% no atacado, na comparação com o fechamento do mês anterior

Segundo a Scot Consultoria, a alta é uma tentativa da indústria de melhorar a margem de comercialização do produto, que foi negativa nos últimos meses.

Esta alta no atacado, porém, não significa reajustes positivos para o produtor de leite no curto prazo. Tudo depende de como ficará a demanda e o escoamento da produção neste último trimestre.

Lembrando que, no período de final de ano normalmente cai o consumo de lácteos, especialmente de leite fluído, mas por outro lado temos uma demanda maior por manteiga, leite condensado e creme de leite, em função das festividades de fim de ano.

Fonte: Canal Rural

Veja também  Agroclima: Áreas de instabilidade ganham forças e soja é prejudicada

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: