A comercialização de algodão em pluma continua lenta no mercado spot, apesar da volta de agentes às negociações nos últimos dias, de acordo com pesquisadores do Cepea

O motivo para a baixa liquidez é a disparidade entre os preços de compra e venda. Compradores têm indicado preços inferiores aos de vendedores, mesmo para o produto de boa qualidade. Alguns cotonicultores, por sua vez, estão focados nos embarques dos contratos e também no semeio da nova temporada. Entre 8 e 15 de janeiro, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, caiu 1,3%, fechando a R$ 2,9431/lp na terça-feira, 15. Na parcial de janeiro, a baixa é de 4%.

Fonte: Cepea

Veja também  Café: cotações seguem com leve alta na Bolsa de Nova York nesta 3ª

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.