Com o avanço da colheita da safra 2017/18 e da entrega de contratos, vendedores consultados pelo Cepea ficam mais ativos no mercado spot e flexíveis nos valores pedidos pela pluma

 

Compradores, por sua vez, atentos a esse cenário e a estimativas indicando a maior produção nacional em seis anos, pressionam os valores nas aquisições para entrega rápida. Nesse cenário, os preços internos se mantêm em queda.

De 7 a 14 de agosto, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, recuou 1,7%, fechando a R$ 3,2425/lp nessa terça-feira.

Fonte: Cepea

Veja também  Imea projeta aumento na produção de algodão e queda de milho e soja

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: