O Evento do Agronegócio de Mato Grosso, encerrou-se nesta quinta-feira(12) com saldo positivo. Para os organizadores, este é apenas o começo das transformações que veremos nos eventos voltados ao setor.

O Sindicato Rural apresentou um novo plano diretor para o Parque de Exposições Senador Jonas Pinheiro, que irá proporcionar uma mudança completa no formato de eventos realizados dentro do espaço. A intenção é transformá-lo em um grande centro de eventos para atrair a atenção nacional e fixar Cuiabá como a Capital do Agronegócio Brasileiro. “Nós somos o maior produtor de grãos do Brasil e também o maior detentor de rebanho bovino Brasileiro, além disso também somos o maior consumidor de máquinas, implementos e insumos agrícolas. Até o momento não tínhamos um espaço adequado para realização de eventos desta grandeza, o AGROMT é uma semente que estamos plantamos e acreditamos que dará frutos positivos a partir de 2019”, destaca Jorge Pires de Miranda – Presidente do Sindicato Rural de Cuiabá.

Para ampliar o entendimento sobre a realização do AGROMT no período destinado a tradicional EXPOAGRO, o vice-presidente do Sindicato Rural, Celso Nogueira, esclarece que devido ao início das obras para a adequação do Parque de Exposições, não foi possível a sua realização neste ano, mas afirma que em 2019 teremos a volta da EXPOAGRO com força total, que acontecerá normalmente em julho, com shows, rodeio, diversão e tudo aquilo que a sociedade mato-grossense gosta. “Em abril/2019 iremos realizar o AGROMT, um evento diferenciado, que vai trazer mais tecnologia e conhecimento para o Estado de Mato Grosso”, destaca Nogueira.

O AGROMT é o primeiro evento técnico do agronegócio realizado em Cuiabá e pretende se tornar a maior feira do estado, não só por estar na capital, mas por Cuiabá oferecer estrutura adequada para grandes eventos. O evento tem objetivo comercial, além de informações técnicas e qualificação profissional para todos as cadeias produtivas da baixada cuiabana.

Veja também  Redução de preços nas refinarias para gasolina (-3,2%) e o do diesel (-2,7%)

Acrimat

Esta qualificação aconteceu por meio do Fórum das Cadeias Produtivas e cursos oferecidos por instituições parceiras. Com essa mobilização espera-se levar para o setor produtivo a capacitação necessária, contribuindo assim para o aumento da produtividade, além de geração de emprego e renda. A feira também foi muito importante para os empresários da região, que tiveram a oportunidade de comercializar seus produtos e serviços, importante fato gerador de impostos, municipais, estaduais e federais. O evento vai promover nacionalmente a região do pais que é campeã na produção agrícola.

“Aqui é a oportunidade que tem o produtor para trazer a sua experiência, os seus problemas, dar as suas sugestões, fazer suas críticas, mas é hora também de ouvir seu companheiro e compartilhar experiências, porque é assim que se fortalece e nós precisamos fortalecer o setor produtivo rural Brasileiro”, comenta o Ex-Ministro da Agricultura Alysson Paulinelli, um dos palestrantes do evento.

Para os expositores, um evento focado em agronegócios é bastante interessante, pois amplia as possibilidades de concretização dos negócios, tendo em vista o contato direto com o produtor rural que tem mais tempo para entender os produtos/serviços oferecidos. Wilson Araújo, diretor comercial da Auto Sueco Centro Oeste, revendedor da marca Volvo, afirma que “Nós estamos em um lugar abençoado por Deus, porque o mercado em Mato Grosso é muito bom, grande e mesmos nos momentos de crise, aqui em Mato Grosso costuma chegar mais suave”.

Cesar Augusto, supervisor comercial da Sigma Sensors, de São José dos Campos/SP, empresa de tecnologia especializada em sensores, data loggers e estações de medição, entende como muito válida a participação da empresa no AGROMT, destaca o avanço da piscicultura na região e vê com bons olhos o crescimento mercado de Mato Grosso.

Veja também  José Mário de Assis e Silva é o novo presidente do Sindicato Rural de Poconé

Por Vicente Delgado – AGRONEWS BRASIL

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: