O deslocamento de uma frente fria associada a um ciclone extratropical pelo oceano e o fluxo de ar quente e úmido vindo de Norte favorecem a formação de nuvens carregadas que se espalham por todo o Sul. Há risco de temporais com raios e ventania, no RS, em SC e no PR, onde as atividades de campo podem sofrer paralisações

 

Parte desta instabilidade causa chuva forte e volumosa no sul e no oeste de MS.

Tempo instável com chuva intensa também, em RO e no AC. Já no centro-norte do RJ, no leste de MG, em quase todo o centro-leste do Nordeste, no AP, em RR e no noroeste do PA o tempo fica ensolarado com calor e queda de umidade à tarde por conta da influência de massas de ar mais seco.

Em MT a chuva volta a ganhar força ao longo da tarde mas é principalmente no leste que o volume será mais elevado.

O risco para temporais aumenta e ao longo de novembro e também dezembro, a atenção deve ser redobrada para as ventanias e maior risco para queda de granizo ao final da tarde, por conta do calor e da umidade.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: