A formação de fortes áreas de instabilidade sobre o centro-sul e leste do RS, provocam temporais acompanhados de vendavais desde a madrugada de domingo. Nesta segunda-feira, estas áreas deslocam lentamente, atuando principalmente sobre o oeste gaúcho causando chuva forte. Estas instabilidades, também causam pancadas de chuva sobre SC e sul e oeste do PR

 

Uma forte baixa pressão sobre o Paraguai favorece a entrada dos ventos de norte provocando calor intenso sobre grande parte do centro-sul do país. Ventos úmidos que sopra do mar em direção á costa, causa pancadas isoladas no leste do Nordeste, e chuva a qualquer hora principalmente na região do Recôncavo Baiano. Calor e presença de umidade favorecem pancadas de chuva ainda isoladas no oeste de GO, MS, e AM. As demais áreas seguem sob influência de massa de ar seco, sem previsão de chuva.

No MT as chuvas registradas ao longo do final de semana, ja não foram tão significativas. Em muitas áreas ocorreu mais aumento de nebulosidade do que propriamente chuva. A semana ainda começa com pancadas de chuva isoladas na maior parte do estado. A irregularidade persiste, com chuvas que não avançam por uma fazenda inteira, aberturas de sol e altas temperaturas até o final de setembro. O outubro ainda começa úmido, porém na segunda quinzena as chuvas diminuem e o calor aumenta.

Nos Estados Unidos, a formação de novas áreas de instabilidade trazem chuva forte, nas áreas ao sul do meio oeste americano. Regiões como Ohio e sul de Indiana, podem acumular nos próximos cinco dias, em torno de até 100mm, causando paralizações nas colheitas.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: