Após uma semana de intensa atividade, a quinta-feira (19) foi mais calma no mercado de Feijão-carioca

O mercado do Feijão-preto se mantém estável, com negócios no Paraná até R$ 120 e no Rio Grande do Sul com máximo de R$ 130. O Mato Grosso tem problemas com o ICMS novamente, que volta a ser cobrado, o que pegou a todos de surpresa, uma vez que o governador daquele estado havia firmado compromisso com as lideranças dos produtores e garantia crédito presumido.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: